Blog IDEA

Cursos Online Grátis - Portal IDEA
O que é Doula: um guia completo sobre a sua importância em um parto

Doula é uma palavra que vem do dicionário grego e significa “mulher que serve outra mulher.” No Século 20, o termo foi adotado para fazer referência direta à mães experientes que auxiliavam novas mães no parto, amamentação e nos cuidados com o recém nascido. Porém, apenas em 1985, em uma maternidade chamada de “The Birth Place” se realizou o primeiro treinamento para doulas que se tem notícia.

E ele já tinha a intenção que conhecemos hoje: o apoio e nutrição física e emocional da mulher durante o parto.

Mas você sabe o que é doula nos dias atuais? Sabe a importância da função e como ela é percebida pelas mães? E principalmente, porque a doula tem sido tão requisitada nos dias de hoje? Vem conosco e boa leitura!

Como surgiu a função de doula?

Conforme sabemos, o parto realizado no hospital é uma prática recente, que data entre os anos 1930 e 1960. Isso porque foi quando a profissão de médico passou a ganhar autoridade e os procedimentos se tornaram mais complexos na medicina.

É comum entre nossas avós e até mesmo entre nossas mães, histórias de partos realizados em casa. Naquela época, houve também a transferência de responsabilidade das parteiras e auxiliares para o obstetra.

Se por um lado o avanço da medicina apontou riscos da gravidez e do parto, por outro, trocou a humanização do nascimento por procedimentos puramente profissionais. Em outras palavras, criou métodos mais rígidos e padronizados, que transformaram um momento tão importante para a mulher em um simples procedimento cirúrgico.

A partir disso, começaram a surgir casos de violência obstétrica e outros procedimentos que transformavam um momento único em um processo difícil.

Nesse contexto, entender o que é doula volta a ser necessário e urgente.

O que uma doula pode e o que não pode fazer

Primeiramente, é importante explicar que uma doula não substitui o profissional responsável pelo parto. No parto medicalizado, erroneamente chamado de “parto normal”, a doula cuida de todo o processo anterior a ele, juntamente com o médico escolhido pela futura mãe. Ou seja, ela auxilia no treinamento pré-natal, estimula a autoconfiança da mulher e cria o apoio ideal para que o parto seja um momento único.

Segundo dados da OMS, quando uma parturiente sabe o que é doula e a convoca durante o trabalho de parto, há uma redução de até 25% na duração do nascimento. Além disso, cai em 40% o uso do fórceps e 60% os pedidos de anestesia. Em resumo, uma doula com qualificação e capacitação é capaz de ressignificar o nascimento da criança.

Por isso, é necessário repetir: o médico responsável pelo parto continua sendo indispensável. Mas enquanto ele cuida dos procedimentos técnicos, a doula irá se preocupar com o bem estar emocional da parturiente.

Em resumo, confira abaixo o que a doula faz e o que ela não faz.

O que é doula e o que ela pode fazer

  • Oferecer suporte emocional e encorajar a mulher que será mãe. Isso porque ela irá favorecer a manutenção de um ambiente calmo e tranquilo.
  • Fornecer massagens, técnicas de respiração, banhos e sugestão de posições que podem melhorar o desconforto das dores do parto.
  • Dar suporte com informações que explique termos médicos e procedimentos hospitalares. Ou seja, atuar como uma ponte de comunicação entre a mulher, a família e a equipe de atendimento.
  • Auxiliar o primeiro contato da mãe com o filho, inclusive com técnicas para a amamentação.

O que uma doula não pode fazer

  • Primeiramente, a doula não faz aferição de pressão, toque vaginal, monitoramento cardíaco nem administra medicamentos.
  • Além disso, ela também não realiza qualquer procedimento clínico ou médico.
  • Ela também não discute procedimentos com a equipe médica ou questiona suas decisões.
  • A doula não substitui enfermeiros ou qualquer outro profissional do quadro clínico durante o parto.
  • Por último, ela pode orientar o pai a ter uma participação mais ativa no parto, mas não substitui o acompanhante escolhido pela mãe.

Ministério da Saúde e OMS reconhecem as vantagens da presença da doula

Além dos benefícios citados acima, é imprescindível conferir os números de estudos relacionados à presença da doula na hora do parto. Até mesmo quando falamos da inteligência emocional, psicológica e afetiva para a mãe e para o bebê.

Estudos do Sistema Único de Saúde (SUS) indicam que, quando a doula se faz presente no parto e pós-parto, os índices nas 8 primeiras semanas são:

  • Amamentação mais tranquila e correta;
  • Maior interação entre o bebê e a mãe;
  • Memória afetiva do parto mais positiva;
  • Queda nos casos de depressão pós-parto.
  • Redução da ansiedade e aumento do auto-estima da mãe.

Por sua vez, a Organização Mundial da Saúde reforça a presença da doula, já que números indicam que ela está intimamente relacionada a um parto mais curto, com menos medicação e problemas.

Código de ética para os serviços de doula

Para quem deseja se saber mais o que é doula, além de estudar especificamente para a área, o Código de Ética pode ajudar. Ou seja, por considerar doula como profissão de suporte às gestantes e mulheres com recém-nascidos, existem condutas a se seguir. Por exemplo, fornecer informações apenas baseadas em evidências científicas, dar suporte emocional e apoio físico à mãe, estabelecer presença que fortaleça o processo de gestação, parto e pós-parto. E por último, proporcionar um nascimento respeitoso que garanta o bem estar da mãe, do bebê e da família.

Importante esclarecer que a profissão de doula consta na CBO (Classificação Brasileira de Ocupações.

Conclusão

De acordo com tudo o que abordamos nesse artigo, a tendência de conhecer o que é uma doula  e tê-la presente no parto é cada vez maior. E conhecer mais sobre a função pode, não apenas trazer informação relevante, como auxiliar uma futura mãe.

Além disso, o conhecimento sobre o que é doula pode aprimorar técnicas de profissionais da área da saúde, aumentando a excelência e garantindo a humanização do atendimento no parto.

Por isso, o Portal IDEA aposta nos mais diversos cursos gratuitos e online, de todas as áreas, para ensinar de forma intuitiva e eficiente. E se você se interessou no assunto, clique aqui que temos um curso sobre doula exclusivo para você. Para outros cursos, não deixe de conferir nosso portal.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.